SUS: Grupo de trabalho vai propor descentralização na Saúde

Criado nesta sexta, comitê terá 60 dias para apresentar um projeto de modelo eficiente de gestão


A mais complexa área do governo de Brasília, a saúde pública, vai contar com um grupo de trabalho criado exclusivamente para estudar projetos com o objetivo de descentralizar a gestão da pasta. O comitê instituído pelo Decreto nº 36.671, publicado no Diário Oficial do DF desta sexta-feira (14), tem 60 dias para propor um modelo eficiente às unidades que compõem a rede.

O comitê será coordenado pelo secretário de Saúde, Fábio Gondim, e integrado por especialistas de gestão, de finanças e de orçamento. Também farão parte da equipe representantes do Conselho de Saúde do Distrito Federal, da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde e da sociedade civil.

"A ideia é desenvolver um trabalho sustentável, exequível e com segurança jurídica, que permita implementar modelos para descentralizar algumas funções", explica Leila Gottens, subsecretária de Planejamento, Regulação, Avaliação e Controle. A proposta, segundo ela, é ouvir gestores de unidades da área, servidores e profissionais com trabalhos reconhecidos no País e no mundo. Exemplos bem-sucedidos de administração na saúde pública em outras capitais e municípios também serão estudados.

Fonte: Redação.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário