SAÚDE: Liliane garante Mc Dia Feliz para a ampliação do hospital da criança

Governador abre campanha que dará mais recursos ao Hospital da Criança. Dinheiro arrecadado servirá para construir espaço pedagógico na unidade de saúde especializada em tratamento de câncer infanto-juvenil

Aliando solidariedade à alegria, o Instituto Ronald McDonald abriu oficialmente a campanha nacional de arrecadação de recursos financeiros por meio da venda de sanduíches da rede de lanchonetes que promove o evento. Em Brasília, o lançamento ocorreu na unidade da Quadra 506 Norte, na manhã deste sábado (29). A expectativa é angariar cerca de R$ 700 mil.

Foto: Olivar de Matos.

Em Brasília, a verba obtida — descontados os impostos — é revertida para a Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace). De acordo com os organizadores, o intuito é investir o dinheiro, entre outras destinações, na construção de um espaço pedagógico no Hospital da Criança de Brasília José de Alencar. Ali, crianças e jovens em tratamento contra o câncer poderão continuar os estudos enquanto se recuperam. Mais de 1,7 mil pacientes são atendidos pela associação, beneficiada há 23 anos pela ação promocional do instituto.

Foi aprovado nesta quinta-feira, 27 de agosto, o Projeto de Decreto Legislativo da vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz, que homologou convênio para isentar do recolhimento de ICMS a rede de lanchonetes Mc Donald´s durante a campanha “Mc Dia Feliz”. Dos 24 deputados distritais da Câmara, 20 atenderam ao pedido de Liliane e estavam presentes na sessão, votando favoráveis ao PDL.

Desde a manhã de hoje, Liliane não mediu esforços para “salvar” a campanha que ajuda crianças com câncer no Distrito Federal. Ao descobrir que o evento, que acontecerá no próximo sábado, dia 29 de agosto, não teria resultados satisfatórios – uma vez que o convênio não havia sido homologado pela Casa e assim, não seria possível doar os valores dos impostos para entidades sociais -, a parlamentar apresentou PDL, ligou pessoalmente para os colegas distritais pedindo aprovação do projeto e só saiu do plenário após ver aprovado o texto.

A isenção está condicionada à doação total da receita líquida auferida com a venda de sanduíches a entidades assistenciais, particularmente a Abrace, que realiza trabalhos com crianças e adolescentes com câncer e hemopatias. Por telefone, a diretora da Abrace, Ilda Peliz, disse desconhecer que o convênio não havia sido homologado e agradeceu Liliane pela iniciativa. “Quero convida-la para participar comigo da abertura do evento, no sábado e agradece-la pela atitude”, enfatizou Ilda. A distrital também recebeu elogios de vários deputados, inclusive dos parlamentares do PT, pela apresentação do PDL.

Desde 1988 a cadeia de lanchonetes estadunidense realiza a campanha “Mc Dia Feliz”, sempre no último sábado do mês de agosto. Segundo informações da assessoria da empresa, em 2014 foram vendidos em todo o país 1,7 milhão de sanduíches no dia da campanha, o que gerou uma arrecadação de R$ 22,4 milhões para a causa.

Foto: Olivar de Matos.

Aliando solidariedade à alegria, o Instituto Ronald McDonald abriu oficialmente a campanha nacional de arrecadação de recursos financeiros por meio da venda de sanduíches da rede de lanchonetes que promove o evento. Em Brasília, o lançamento ocorreu na unidade da Quadra 506 Norte, na manhã deste sábado (29). A expectativa é angariar cerca de R$ 700 mil.

Em Brasília, a verba obtida — descontados os impostos — é revertida para a Associação Brasileira de Assistência às Famílias de Crianças Portadoras de Câncer e Hemopatias (Abrace). De acordo com os organizadores, o intuito é investir o dinheiro, entre outras destinações, na construção de um espaço pedagógico no Hospital da Criança de Brasília José de Alencar. Ali, crianças e jovens em tratamento contra o câncer poderão continuar os estudos enquanto se recuperam. Mais de 1,7 mil pacientes são atendidos pela associação, beneficiada há 23 anos pela ação promocional do instituto.

A abertura contou com a presença do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, e da esposa, Márcia Rollemberg, colaboradora do governo e escolhida como madrinha da campanha. "Uma iniciativa dessas é o melhor exemplo de que quando a sociedade se une em favor de um objetivo ele é alcançado", destacou o chefe do Executivo. No dia 19, o governo local assinou com a associação e o instituto um termo de cooperação que possibilitará a execução de projetos ligados ao diagnóstico precoce e de pesquisas na área, entre outros benefícios.

Também participaram do evento os secretários de Educação, Júlio Gregório Filho, e de Saúde, Fábio Gondim, a vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz (PRTB), a presidente da Abrace, Ilda Peliz, e representantes da franquia de lanchonetes, entre outros convidados.

Números
A campanha coordenada pelo Instituto Ronald McDonald faz arrecadações para iniciativas que contribuam com o aumento dos índices de cura do câncer infantojuvenil. Por meio da promoção, neste ano, 73 projetos de 58 instituições em todo o Brasil serão beneficiados. Em 16 anos, angariaram-se mais de R$ 270 milhões, encaminhados a 116 locais de tratamento e prevenção da doença no País, que favoreceram cerca de 2,8 milhões de pessoas.

Fonte: Redação.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário