FEPECS: Fundação pública investe R$ 335 mil em pesquisas na área de saúde

Objetivo da Fepecs é financiar projetos para aprimorar o Sistema Único de Saúde em Brasília

Servidores efetivos da Secretaria de Saúde e de entidades vinculadas como fundações, subsecretarias e coordenações podem concorrer a até R$ 70 mil em investimento para projetos de pesquisa científica, tecnológica e de inovação. “O valor financiado dependerá do que for solicitado”, afirma Vanessa Balieiro, chefe do Núcleo de Desenvolvimento e Controle de Projetos e Pesquisa da Escola Superior de Ciências da Saúde.

A iniciativa é da diretoria-geral da escola, mantida pela Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), que fornecerá R$ 335.440 para os projetos. O dinheiro vem de recursos do Tesouro do Distrito Federal. “A destinação do investimento levará em consideração os objetivos propostos pelo trabalho”, complementa Vanessa. Todas as informações estão no Edital nº 38, de 14 de setembro de 2015, publicado no Diário Oficial do Distrito Federal desta quarta-feira (16).

Entre os pré-requisitos, o coordenador/proponente, ativo ou inativo da secretaria ou entidade vinculada precisa ter o título de mestrado ou doutorado. As inscrições ocorrem de 28 de setembro a 1º de outubro, e os resultados estão previstos para 16 de outubro.

Com a finalidade de promover pesquisas para o aprimoramento do Sistema Único de Saúde em Brasília, a execução das propostas aprovadas pode ocorrer em parceria com instituições públicas ou privadas.

Temáticas
De acordo com o edital, existem seis eixos prioritários de pesquisa: política de atenção à saúde, economia da saúde e tecnologias em saúde; doenças e agravos; cuidados de saúde de grupos populacionais especificados; meio ambiente e vigilância em saúde; e promoção da saúde. Cada um desses itens está desmembrado em outros subtemas.

O processo de seleção é classificatório e eliminatório. É constituído de uma avaliação do projeto de pesquisa e da produção científica do coordenador/proponente, ocorrida nos últimos cinco anos, com, no mínimo, uma publicação como autor ou coautor em periódico.

A pontuação mínima final exigida para a aprovação da proposta é de 50 pontos em um total de cem. “O início do projeto será após a assinatura do termo de outorga e aceitação”, informa a chefe do Núcleo de Desenvolvimento e Controle de Projetos e Pesquisa.

Seleção pública de propostas 
Inscrições: de 28 de setembro a 1º de outubro
Resultado: 16 de outubro
Formulário de inscrição no site da Fepecs 
Não há taxa de inscrição

Fonte: Redação.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário