PENTE-FINO: Ministro Valdir Simão defende controle em programas sociais

Novo ministro quer controle ‘em tempo real’ dos benefícios pagos


O novo ministro do Planejamento, Valdir Simão, quer passar um pente-fino em todos os programas sociais do governo federal. Em entrevista ao jornal O Globo, o ex-ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU) levantou suspeita de irregularidades no seguro defeso (pago a pescadores em períodos de pesca proibida de algumas espécies) e seguro-desemprego.

Para evitar fraudes, ele pretende instalar um sistema de monitoramento e controle “em tempo” real de todos os benefícios pagos pelo governo.

“Eu pretendo usar a auditoria governamental que a CGU faz para avaliar a qualidade de execução e evitar desperdícios e fraudes. A CGU tem um olhar muito preciso sobre como os recursos são aplicados, lembrando que parte das políticas é executada por estados e municípios. A ideia é criar um ambiente de monitoramento e de controle em tempo real de todos os programas sociais do governo”.

Questionado sobre o cumprimento da meta de superávit fiscal primário de 2016, o novo ministro do Planejamento ressaltou que ela é “bastante ousada”. “Nós temos de persegui-la. Para isso, além de buscar maior eficiência na gestão para que nós possamos continuar nesse processo de redução de gastos, precisamos discutir reformas estruturais, em especial a reforma da Previdência”.

Ele ainda defendeu uma discussão sobre o fim da vinculação dos benefícios previdenciários ao salário-mínimo, sob alegação de que a lei prevê apenas a reposição da inflação.

Simão também defendeu o retorno da CPMF, que ainda aguarda aval do Congresso Nacional para ser imposta aos brasileiros.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário