HISTÓRIA: Praça do Buriti receberá placa em homenagem a Louis Cruls

Entrega da peça foi tema de encontro na residência do embaixador da Bélgica na noite desta segunda (16)

A Praça do Buriti, em frente à sede do Executivo local, ganhará uma placa de bronze em homenagem ao astrônomo belga Louis Cruls, chefe da expedição que demarcou a área do Distrito Federal em 1892. A entrega da peça, feita em 1992 pelo artista também belga Luc de Blick, foi assunto de jantar na noite desta segunda-feira (16) na residência do embaixador da Bélgica, Jozef Smets.

Durante o evento, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, destacou a união entre brasileiros e nativos do país europeu pelo compartilhar da história e da cultura. "Essa homenagem é prova de conexão de dois povos. Temos grande apreço a Louis Cruls pela importância dele para a existência do DF", resumiu.

A instalação na praça ainda não tem data definida, mas nesta terça-feira (17) a placa será entregue ao chefe do Executivo, em cerimônia no Salão Branco do Palácio do Buriti, às 17 horas.

"Tive um prazer enorme em homenagear Louis Cruls. Ele foi fundamental para Brasília, e é bom ver um belga sendo reconhecido aqui", ressaltou o autor do trabalho, Luc de Blick.

Também participaram do jantar a esposa do governador, Márcia Rollemberg; o secretário de Cultura do DF, Guilherme Reis; o prefeito de Diest, cidade natal de Cruls, Jan Laurys; e o presidente do Centro Cultural de Ciências da Natureza Louis Cruls, Pedro Jorge de Castro.

A missão
Em 1892, o presidente Floriano Peixoto formou a Comissão Exploradora do Planalto Central do Brasil, também conhecida como Missão Cruls, para sair em busca da área do novo Distrito Federal. Em junho de 1892, a expedição, liderada por Louis Cruls, demarcou um terreno considerado adequado para a nova capital, de 14,4 mil quilômetros quadrados, o chamado Quadrilátero Cruls.
Compartilhar

Por: Unknown

0 comentários:

Postar um comentário