GOIÁS: Marconi veta direito de mãe amamentar filho em concurso público

O governador Marconi Perillo (PSDB) vetou nesta semana o projeto de lei 3416/2015, de autoria do deputado Helio de Sousa (DEM), que garantia à "mãe lactante o direito de amamentar seu filho durante a realização de concurso público estadual". Segundo o governador, insensível às mães, o projeto é "inconstitucional"

Foto: Luiz Cesár.
O projeto garantia às mães que, em concurso estadual, a candidata pudesse ter o direito de amamentar seu filho de até 6 meses de idade. Se em Goiás o governador considera o projeto "inconstitucional", vários outros Estados do Brasil não consideram - e permitem à mãe lactante o direito de amamentar o seu filho durante a realização de uma prova.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário