EVENTO: Brasília sedia Congresso Mundial de Tecnologia da Informação

Esta é a primeira vez, em 20 edições, que o encontro ocorre na América do Sul. À tarde, o governo do DF apresentará o Parque Tecnológico BioTIC para possíveis investidores

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, participou da cerimônia de abertura e citou o Parque Tecnológico BioTIC como aposta do Distrito Federal nas áreas de tecnologia da informação e de comunicação, além de biotecnologia. Foto: Tony Winston.
O 20° Congresso Mundial de Tecnologia da Informação (WCIT), pela primeira vez sediado na América do Sul, teve início na manhã desta segunda-feira (3), no Centro Internacional de Convenções do Brasil.

O evento tem como tema “Promessas da era digital: desafios e oportunidades” e vai até quarta-feira (5). O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, participou da cerimônia de abertura e citou o Parque Tecnológico BioTIC como aposta do Distrito Federal nas áreas de tecnologia da informação e de comunicação, além de biotecnologia.

“Brasília tem um dos melhores aeroportos e a maior concentração de doutores por habitantes e renda per capita do País. É, portanto, um ambiente propício para empreendedorismo e inovação”, disse. “Agora, junto ao carro-chefe do parque tecnológico de Brasília, que é a tecnologia da informação e comunicação, abriremos espaço para a biotecnologia”, disse. Por isso, a mudança do nome de Parque Tecnológico Capital Digital para Parque Tecnológico BioTIC. “A Embrapa [Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária] mostrou grande interesse nesse projeto.”

À tarde, a Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) apresenta o parque para possíveis investidores e assina termo de cooperação com a Embrapa. O projeto está na fase de construção da modelagem jurídica e financeira — a ideia é criar um fundo, em que a própria Terracap e investidores privados deverão entrar com recursos para firmar sociedade de propósito específico, que terá até 49% de participação da empresa pública.

A área destinada ao Parque Tecnológico BioTIC fica em um terreno de 123 hectares próximo à Granja do Torto. Por meio da implementação do parque, será possível aumentar a cooperação entre empresas, universidades e institutos de pesquisa e o desenvolvimento de negócios. A ideia é atrair de multinacionais a startups para a capital do País. O local integra a lista prioritária do governo de Brasília para firmar parcerias com a iniciativa privada.

A expectativa é que mais de 2 mil pessoas de 40 países participem do 20° Congresso Mundial de Tecnologia da Informação. O ministro de Tecnologia e Informação, Gilberto Kassab, também esteve na abertura hoje.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário