Marina participara ativamente na campanha de Aécio


A ex-senadora negocia a participação em caminhadas e no horário eleitoral gratuito

Marina Silva (PSB), que relutava no primeiro turno até mesmo em aparecer ao lado do governador reeleito de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), por refutar a aliança com os tucanos, está completamente integrada à campanha presidencial de Aécio Neves. Isso inclui a negociação de agendas conjuntas, como palanques e caminhadas, com a presença de ambos, algo que era rechaçado por marineiros há poucos dias. “Disseram muita coisa nos últimos dias, até mesmo que ela não vinha. Ela veio, está conosco e vai fazer campanha ao nosso lado”, comemorou um estrategista tucano.

As imagens da declaração de apoio de Marina a Aécio, dada na manhã de ontem em São Paulo, foram usadas pela campanha aecista no horário eleitoral. Outras declarações vão se tornar peça política nos próximos dias. Mas Marina não deve estar presente no primeiro debate televisivo entre os dois candidatos na TV Band, marcado para a noite de terça-feira. “Há que se ter um grande respeito pela Marina, não creio que ela vá se expor a esse ponto”, disse um aliado de Aécio.

Esse respeito que os coordenadores da campanha presidencial de Aécio afirmam que terão com Marina daqui para frente permeou todas as negociações travadas entre representantes dos dois grupos ao longo da última semana, desde que as urnas foram abertas mostrando que o segundo turno seria disputado entre Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT).
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário