Conheça os novos administradores regionais do DF

Governo cortou oito regiões administrativas; apenas 23 pessoas foram escolhidas para gerenciar as cidades


O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg (PSB) anunciou nesta terça-feira todos os responsáveis pelas administrações regionais do Distrito Federal pelos próximos quatro anos. O Distrito Federal possui, atualmente, 31 regiões administrativas e novo governo escolheu 23 administradores para gerenciar as cidades, oito a menos do que a gestão anterior. 

A etapa de transição do governo tem sido turbulenta. Desde o fim do ano passado, os servidores da Saúde e da Educação, além dos terceirazados, têm prostestado contra o atraso de salário e 13º. O levantamento das contas do governo comprovou um rombo financeiro de aproximadamente R$ 3,8 bilhões de reais. 

Confira a lista:


Estrutural - Evanildo da Silva Macedo Santos

Vicente Pires - Maria Celeste Rego Liporoni

Planaltina - Dinalva Cantallopes Sastre Ferreira

Riacho Fundo I - Irany Domingos Gomes 

Recanto das Emas - Fábio Viana Ávila

Lago Norte e Varjão - Marcos Woortman

Gama - Maria Antônia

Santa Maria - Neri do Brasil

São Sebastião - Jean Duarte de Carvalho

Brazlândia - André Luis Queiroz Rosa

Samambaia - Claudeci Xavier de Miranda

Taguatinga - Ricardo Lustosa Jacobina

Sobradinho I - Divino de Oliveira Sales

Sobradinho II e Fercal - Estevão Souza dos Reis

Riacho Fundo II - Francisco Vicemar Medeiros

Candangolândia, Park Way e Núcleo Bandeirante - Roosvelt Vilela Pires

Águas Clara - Patrícia Veiga Fleury de Matos

Guará e SIA - Edberto Silva

Paranoá e Itapoã - Eduardo Rodrigues

Brasília - Igor Tokarski

Sudoeste, Octogonal e Cruzeiro - Paulo Feitosa

Lago Sul e Jardim Botânico - Aldemir Chaves Paraguassu

Ceilândia - Renato Santana
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário