Documentos de habite-se sob investigação em Ceilândia

Licenças, alvarás e cartas de Habite-se emitidos pela Administração Regional de Ceilândia no fim do ano passado estão sob suspeita. A nova chefia do órgão pediu ajuda à Controladoria-Geral do DF para investigar o sumiço de selos de autenticidade aplicados em documentos oficiais, além do desaparecimento de pastas com pedidos de liberação de empreendimentos.

O principal alvo da apuração é um projeto imobiliário localizado em Ceilândia Norte. Os representantes do negócio solicitaram registro em cartório este mês com uma carta de Habite-se emitida em 17 de novembro. O problema é que a numeração é superior à última liberada pela administração em 30 de dezembro. A gestão desconfia de fraude, fato reforçado pela presença de um dos selos desaparecidos anexados ao requerimento.

O vice-governador e administrador interino de Ceilândia, Renato Santana, pediu a negativa da autorização cartorial enquanto o caso está em análise pelo governo. Pelo menos outros três processos da mesma natureza teriam passado por situação semelhante.

Fonte: Redação.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário