Patrimônio do Ex-governador Agnelo Queiroz(PT) aumentou em mais de 400%

O patrimônio do Ex-governador Agnelo Queiroz(PT) aumentou em mais de 400% e manteve MP e os Deputados Distritais engessados em seu governo

Agnelo Queiroz apos derrota em 1º turno

“Meu mandato vai até dia 31 de dezembro e meu compromisso é o de entregar ao meu sucessor um DF melhor do que o que eu recebi”

Estas foram as palavras do ex-governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz(PT) logo após ser derrotado nas urnas ainda no primeiro turno, a população quer saber como vai ser agora o ex-governador deixou a cidade em um caos absurdo, greves dos serviços públicos, greves de empresas terceirizadas, obras inacabadas ou inaugurada sem conclusão, mas a indignação que fica na sociedade é saber que os órgãos competentes no fizeram o seu trabalho de fiscalizar.

O povo quer saber cadê a justiça?

São varias as perguntas que estão sem resposta e que até agora as autoridades não se manifestarão qual atitude vão tomar para punir os corruptos e os corruptores, afinal qual é a função do MPDF? E qual é a real obrigação da Câmara Legislativa?

AS FUNÇÕES DO PODER LEGISLATIVO

O Legislativo possui funções legislativas, administrativas e fiscalizadoras.

A função fiscalizadora se dá por meio da apresentação de requerimentos de informação sobre a administração, criação de Comissões Parlamentares de Inquérito para apuração de fato determinado, realização de vistorias e inspeções nos órgãos públicos e ainda através de convocação de autoridades públicas para depor e prestar esclarecimentos.

FUNÇÕES DO MP

O Ministério Público (MP) é um órgão de Estado que atua na defesa da ordem jurídica e fiscaliza o cumprimento da lei no Brasil. Na Constituição de 1988, o MP está incluído nas funções essenciais à justiça e não possui vinculação funcional a qualquer dos poderes do Estado. Independente e autônomo, o MP tem orçamento, carreira e administração próprios. Considerado o fiscal das leis, o órgão atua como defensor do povo. É papel do MP defender o patrimônio nacional, o patrimônio público e social. O que inclui o patrimônio cultural, o meio ambiente, os direitos e interesses da coletividade, especialmente das comunidades indígenas, a família, a criança, o adolescente e o idoso.

Diante do conhecimento das obrigações dos órgãos fiscalizadores a sociedade se pergunta como o governador deixou a cidade assim? Como a riqueza do ex-governador aumentou em mais de 400% e ninguém fez nada? Onde estavam os fiscalizadores da ética e dos bons costumes?

Por: Kadu Marques
Compartilhar

Por: Colibri Comunicação

0 comentários:

Postar um comentário