João Batista muda alguns subsecretários

O subsecretário de Administração-Geral da Secretaria de Saúde do Distrito Federal, José Menezes Neto, deixou o cargo ontem. Da publicação de sua exoneração, consta a informação de que a saída foi a pedido do próprio Menezes. Segundo a secretaria, ele alegou incompatibilidade com a equipe e pediu para ser exonerado. 

O Diário oficial desta terça-feira trouxe diversas exonerações na Secretaria de Saúde. O que podemos adiantar é que a seção 2 do Diário Oficial ainda deixará muita gente de cabelo em pé, lá para aquelas bandas. 

No Palácio do Buriti, há relatos de que a mudança faz parte de uma reestruturação ampla na administração da saúde pública. À frente do cargo, Menezes era o responsável por guardar a chave do cofre da secretaria: era ele quem negociava o pagamento a fornecedores. Regina Célia Baptista Lage assume o posto.

Antes de chegar ao posto, Menezes chefiava o Fundo de Saúde do Distrito Federal, durante a gestão de Agnelo Queiroz (PT). À época, a titular da Administração Geral era Vanusa Lopes Ferreira Hermeto, que também foi exonerada ontem do cargo de assessora especial da secretaria. Ela é auxiliar de enfermagem da rede pública e chegou a ocupar a Administração-Geral nos primeiros dias da gestão de Rodrigo Rollemberg.

Estão na Secretaria de Saúde grande parte dos contratos celebrados pela gestão anterior do Executivo pendentes de pagamento. Ao todo, a dívida do GDF com empresários é de cerca de R$ 1,1 bilhão. Segundo o governo, os débitos se referem a serviços que tiveram seus empenhos cancelados. Agora, cada contrato está sendo auditado para o pagamento dos débitos.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário