BATIZADO: Deputada sugere batizado coletivo para filhos de presas da Colmeia

Na manhã desta quarta-feira, 19 de agosto, a vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz, esteve presente na inauguração do novo berçário – em ala que leva o nome da mãe da parlamentar, Weslian Roriz – no presídio feminino de Brasília, a Colmeia

ROB_3725_1
Fonte: Redação.

Liliane lembrou do trabalho realizado por sua mãe no tempo em que foi primeira-dama do Distrito Federal no local. E propôs a realização de um batizado coletivo para os bebês que são filhos de detentas que cumprem pena no presídio.

“Sou católica e sei a importância do batismo. Essas crianças que são filhos das presas católicas têm o direito de receberem o batismo”, explicou Liliane Roriz. Para a atual primeira-dama do DF, Márcia Rollemberg, e para a diretora da Colmeia, Deuselita Pereira Martins, Liliane disse que faz questão de intermediar o assunto com um padre e leva-lo até o presídio para a realização do batismo coletivo. A ideia foi aprovada por Márcia e Deuselita. Atualmente, 14 mães presas cuidam de seus filhos dentro do presídio – onde podem ficar, em companhia da mãe, durante os 6 primeiros meses de vida.

Em seu discurso, durante o evento de inauguração, Liliane lembrou da importância do trabalho realizado por sua mãe, Weslian, ainda em 2002, quando o ex-governador Joaquim Roriz, inaugurou ala do berçário no presídio. “Tudo começou com ela [Weslian Roriz]. Vejo aqui uma semente do amor, do carinho e do trabalho social que a minha mãe fez em todo o Distrito Federal. E um pouco dele está aqui na Colmeia”, ressaltou a parlamentar.

Fonte: Redação.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário