DOLAR: Após abrir em queda, dólar fecha em alta pelo 3º dia e passa de R$ 3,60

Após começar o dia em baixa, o dólar comercial inverteu a tendência e fechou esta terça-feira (25) em alta de 1,57%, a R$ 3,608 na venda. Esse é o maior valor desde 27 de fevereiro de 2003, quando a moeda norte-americana bateu a marca de R$ 3,662

Na véspera, a moeda norte-americana já havia fechado em alta de 1,62%. Em três sessões, o dólar acumulou alta de 4,30%. No ano, a valorização chega a 35,72%.

Investidores continuavam atentos ao mercado chinês. A Bolsa da China teve novo tombo, de 7,6%, e o país anunciou cortes na taxa de juros e aumento de recursos para os bancos numa tentativa de ajudar a economia.

O mercado tem sido afetado pela preocupação com o desempenho da economia chinesa, que vem desacelerando, segundo dados recentes, e a falta de medidas pelo governo local.
Contexto nacional

No mercado interno, investidores estavam de olho no cenário político. Ontem, o vice-presidente, Michel Temer, pediu para deixar as negociações de cargos e emendas no governo.

Atuações do BC
No Brasil, o Banco Central continuou a rolar os contratos de swap cambial (equivalentes à venda futura de dólares) que vencem em setembro, vendendo a oferta total de até 11 mil contratos.

Ao todo, o BC já rolou US$ 8,093 bilhões, ou cerca de 81% do total de US$ 10,027 bilhões. Se continuar nesse ritmo, vai recolocar todo o lote.

Os leilões de rolagem servem para adiar os vencimentos de contratos que foram vendidos no passado.

Fonte: Redação.
Compartilhar

Por: Movimento dos Comunicadores do Brasil

0 comentários:

Postar um comentário