Em entrevista, Ibaneis Rocha coloca em pauta mais de 50 ações estratégicas para o desenvolvimento do DF

O governador Ibaneis Rocha abordou ações importantes de 2019, em coletiva de imprensa, concedida nesta sexta-feira 20, aos Blogueiros de Política do DF

Dentre os assuntos abordados na retrospectiva, um dos destaques foi a Universidade do Distrito Federal, que está prevista para ser iniciada em 2020. Obras de viadutos e infraestrutura de vias também foram colocadas em pauta, além de vias que possam ligar cidades do entorno a Brasília. Pensando na geração de renda e emprego, o parlamentar também falou em trazer novas empresas para o DF.

Sobre o setor hospitalar, o governador acredita que há muito o que comemorar. “Na área da saúde então, essa foi uma grande revolução. O que esse pessoal está fazendo, trabalhando vai transformar a vida do brasiliense e daqueles do entorno. Queremos atender a todos, mesmo os problemas das pessoas do entorno, eles têm vindo, sido atendidos e trabalhamos para que isso caminhe”, pronunciou Ibaneis.

Ibaneis ressalta que os distritais corresponderam bem ao pleito executivo. Ele ainda fez elogios ao presidente Rafael Prudente. ”Soube tocar muito bem a Câmara e eu estou satisfeito, entramos em 2020 com muita coisa encaminhada”. O enaltecimento é referente ao fechamento do balanço positivo. O governador falou ainda sobre o trabalho de aproximação de empresas e citou a Novo Mundo, que gerou mais de R$ 2 milhões de empregos. Para o ano que vem, ele falou da transferência de empresa de automóveis, que vem do nordeste, além de um setor de produção de chips, com unidade em Brasília.

“Temos o BRB para dar os financiamentos, que poucos estados têm e temos a segurança jurídica, a flexibilidade. Fiz a consolidação com os melhores incentivos em toda a região do centro oeste e abri todas essas possibilidades no DF. Esse ano de 2020 vai ser realmente de muito investimento na cidade na área privada”, enfatizou o governador de Brasília.

Ainda sobre os feitos do governo, ele citou a obra do Hospital Oncológico, que estava parada. E, portanto, enfatizou que o setor de infraestrutura será de grande desenvolvimento. Falou ainda sobre a duplicação da DF-020, a obra do viaduto do Sudoeste, e sobre as creches. Segundo o governador, 14 unidades já deveriam ter sido construídas, pela Fundação Nacional de Desenvolvimento e Educação (FNDE). Sobre o ramo educativo, o gestor adiantou que retomará o projeto da Universidade do Distrito Federal.
Compartilhar

Por: Paulo Melo

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

0 comentários:

Postar um comentário